sábado, 25 de abril de 2009

VENCER PARA MANTER O 8º LUGAR

O treinador da Académica, Domingos Paciência, disse hoje que pretende vencer em Paços de Ferreira para manter o oitavo lugar na Liga portuguesa de futebol, objectivo da sua equipa para esta época.
"É sempre bom não perder com o Paços. Gostaria de manter essa invencibilidade. No mínimo, o empate será bom, mas a vitória seria importante para cimentar a oitava posição. Este é o desejo de toda a gente: ficar nesta posição da tabela até ao fim desta época", referiu o técnico na antevisão do encontro no Estádio da Mata Real, que encerra a 26ª jornada da Liga portuguesa de futebol, esta segunda-feira, às 20:00.
Domingos Paciência acrescentou que, face a uma equipa motivada com a qualificação para a final da Taça de Portugal depois da vitória na Madeira frente ao Nacional, espera uma atitude igual da sua equipa, manifestada nos últimos jogos disputados.
"Nós também estamos motivados e queremos manter a nossa atitude num campo difícil para a maior parte das equipas", frisou o treinador dos "estudantes".
Em relação ao seu conjunto, apesar de lamentar algumas contrariedades nestes últimos encontros (para o próximo jogo, Sougou e Pedro Costa são baixas, por castigo), o técnico da Briosa disse que gostaria de ter toda a gente à sua disposição, mas admitiu mexer pouco na equipa.
Para este encontro com o Paços, o líder da Académica já vai poder contar com os habituais titulares Luiz Nunes e Hélder Cabral, após terem cumprido um jogo de castigo.

25 DE ABRIL SEMPRE!

Esta é a madrugada que eu esperava
O dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen

Abril de Sim Abril de Não

Eu vi Abril por fora e Abril por dentro
vi o Abril que foi e Abril de agora
eu vi Abril em festa e Abril lamento
Abril como quem ri como quem chora.

Eu vi chorar Abril e Abril partir
vi o Abril de sim e Abril de não
Abril que já não é Abril por vir
e como tudo o mais contradição.

Vi o Abril que ganha e Abril que perde
Abril que foi Abril e o que não foi
eu vi Abril de ser e de não ser.

Abril de Abril vestido (Abril tão verde)
Abril de Abril despido (Abril que dói)
Abril já feito. E ainda por fazer.

Manuel Alegre

sexta-feira, 24 de abril de 2009

TELMA MONTEIRO CAMPEÃ DA EUROPA



TELMA MONTEIRO TRICAMPEÃ

A judoca portuguesa Telma Monteiro sagrou-se hoje tricampeã europeia de Judo, em Tbilissi (Geórgia), ao bater na final da categoria de -57 kg a atleta britânica Sarah Clark, por decisão unânime dos três árbitros, após nulo no ponto de ouro.

A vice-campeã e líder do ranking mundial, que se apresentou como cabeça-de-série n.º 1 da prova da Geórgia, ficou isenta do primeiro combate, batendo depois a romena Corina Caprioriu e a francesa Morgane Ribout, ambas por yuko nas eliminatória. No acesso à final, vergou a holandesa Deborah Gravenstijn (wasari).

Com mais esta medalha de ouro, a olímpica portuguesa, 9.ª em Atenas'04 e em Pequim'08, repete os títulos de 2006 e 2007, então a -52 kg, contabilizando a sua 5.ª subida ao pódio em campeonatos continentais no escalão dos seniores.

Quanto aos outros portugueses em combate na jornada de hoje, Leandra Freitas (-48 kg), Ana Hormigo (-52 kg), Pedro Jacinto (-60 kg) e Tiago Lopes (-66 kg) foram eliminados logo ao primeiro combate.

EXEMPLAR

O Comité de Competições da federação espanhola de futebol (RFEF) aplicou dez jogos de suspensão a Pepe na sequência das ações do defesa do Real Madrid no encontro frente ao Getafe, no qual pontapeou Casquero, pelo que foi expulso, e depois esmurrou Albín e insultou o árbitro.
Os elementos daquele órgão balançavam entre oito e 10 jogos de castigo, mas acabaram por decidir aplicar o número máximo.

A EXIGÊNCIA QUE ESTÁ A FALTAR


Ramalho Eanes desafia portugueses a serem mais exigentes com os governos

«Nós temos o governo que merecemos, temos os partidos que merecemos, temos os subsistemas de saúde e educação que merecemos, porque somos responsáveis pela nossa sociedade», disse Ramalho Eanes, depois de citar um autor espanhol que responsabilizava os povos submetidos a regimes tirânicos, pela incapacidade de se revoltarem. Ler mais...

JÁ LÁ VÃO 60



Domingos Paciência superou Nelo Vingada

O jogo com o FC Porto não será de boa memória para a Académica, que perdeu a invencibilidade caseira que durava há quase cinco meses, mas para Domingos Paciência foi um jogo com significado, isto porque superou Nelo Vingada em número de jogos na Académica (60 contra 59). Domingos é assim o treinador com mais jogos pela Briosa desde 2002, altura em que a equipa voltou à I Liga. Entretanto, a cinco jornadas do fim e com a manutenção assegurada, os estudantes têm como meta segurar o 8º lugar que, repartem com o Guimarães. Um cenário que a acontecer será a segunda melhor classificação dos últimos 25 anos, depois do 7º lugar em 1985.


Ricardo Sousa

quinta-feira, 23 de abril de 2009

A "ANILHA"


Lá bem no fundo, só têm o que merecem. Pena é que com o péssimo trabalho que "desenvolvem" em campo, haja terceiros a pagar as "favas".

BERGER A LATERAL DIREITO

A Académica cumpriu nesta quinta-feira o último treino da semana à porta aberta, durante o qual Domingos Paciência teve oportunidade de traçar um primeiro esboço do que poderá ser o onze para o próximo encontro, segunda-feira, em Paços de Ferreira.
A maior novidade residiu na entrada do central Markus Berger na equipa, mas para ocupar o lado direito da defesa, permitindo a Pedrinho subir para o meio-campo. Com essa alteração, Miguel Pedro acabou por ser preterido, num regresso ao 4x4x2 em losango.
O plantel de se debate com qualquer tipo de lesão, mas Pedro Costa e Sougou estão castigados.

PROGRAMA DA 26ª JORNADA


LIGA SAGRES

24-04-2009 Sexta-feira


Braga - Trofense, 20h30 (SportTV 1)
Árbitro: Pedro Proença


25-04-2009 Sábado


Sporting - E. Amadora, 20h30 (SportTV 1)
Árbitro: Vasco Santos


26-04-2009 Domingo
Belenenses - Nacional, 16h00
Árbitro: Duarte Gomes


Naval - Rio Ave, 16h00
Árbitro: Augusto Costa


Porto - V. Setúbal, 19h15 (RTP 1)
Árbitro: Paulo Baptista


Benfica - Marítimo, 20h00 (SportTV 1)
Árbitro: Rui Costa


27-04-2009 Segunda-feira
Leixões - V. Guimarães, 19h45 (SportTV 1)
Árbitro: Pedro Henriques


P. Ferreira - Académica, 20h00
Árbitro: Carlos Xistra


NOITES DO PARQUE



VALE A PENA LER

clique na imagem

HOJE É DIA MUNDIAL DO LIVRO

Faça parte daqueles que querem saber mais,...leia um livro.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

ACAUTELAR O FUTURO


Flávio Ferreira discute contrato profissional

O empresário do futebolista júnior da Académica Flávio Ferreira, Jorge Manuel Mendes, revelou hoje à Agência Lusa que esteve reunido com a Direcção da Académica para discutir o novo contrato profissional do jogador.

"Estamos a discutir o novo contrato do atleta já do ponto de vista profissional", disse o representante do jogador.

Flávio Ferreira tem sido chamado, esta época, pelo treinador Domingos Paciência, a integrar os treinos do plantel principal.

"O jovem tem sido cobiçado por diversos clubes italianos que vêem nele grandes capacidades, pois já foi observado por diversas vezes durante a presente temporada", confirmou o representante do atleta à Lusa.

"Apesar disso, o objectivo é que ele continue a jogar na Briosa", concluiu Jorge Mendes.

CARLOS AGUIAR, RESCINDE COM A ACADÉMICA

O futebolista uruguaio Carlos Aguiar rescindiu com a Académica de Coimbra, clube com o qual tinha contrato até 2010, e parte hoje para o seu país, devido a motivos familiares.
"Parto hoje para o Uruguai e confirmo que rescindi contrato com a Académica. Os motivos desta decisão são familiares, que reservo para mim", disse à Agência Lusa o médio de 30 anos.
O jogador, irmão de Luís Aguiar, ex-jogador da Académica e actual futebolista do Sporting de Braga, reiterou que passou "momentos muito bonitos em Coimbra" e que fica ligado à Académica por bons laços de amizade entre todos: colegas, equipa técnica, direcção e director desportivo.
"Quero agradecer a toda a gente por ter sido tão bem recebido e fico contente pelo meu irmão, cuja carreira está a correr muito bem no Braga", acrescentou o jogador.
O futebolista lamentou ainda ter sido pouco utilizado (realizou apenas seis jogos para a Liga portuguesa de futebol), embora tenha alinhado na Taça de Portugal e na Taça da Liga, tendo marcado dois golos ao serviço da Briosa.
Questionado quanto ao futuro imediato, Carlos Aguiar referiu que vai continuar a sua carreira no seu país, na próxima época (em Julho), onde já recebeu convites de equipas, entre as quais o Liverpool de Montevideu.
O mais velho da família "Aguiar" começou a jogar no Rampla Juniores, do Uruguai, na época 2004/2005, tendo-se transferido para Coimbra na época passada, assinando por dois anos com a equipa de Coimbra. Este ano já tinha viajado para o seu país pelos mesmos motivos.

ESTE JOGADOR FAZ PARTE DA NOSSA SELECÇÃO



Este comportamento de Pepe é, simplesmente, deplorável. Este caceteiro, se eu mandasse, nunca mais punha o "cú" na nossa selecção.
Sendo profissional de futebol, espero que o castigo seja, EXEMPLAR, o mesmo é dizer, bastante duro.
Inacreditável!

terça-feira, 21 de abril de 2009

A VITÓRIA DA INTELIGÊNCIA...

No primeiro jogo que a Briosa foi disputar com o SLB no Estádio da Luz, escassos dias depois da morte do jogador benfiquista Miklos Fehér em pleno estádio, a claque da Mancha Negra, por questões de segurança apenas entrou no estádio, minutos depois do inicio do encontro.

E entrou entusiástica como sempre, gritando pela Briosa.

Foi recebida pelos benfiquistas no estádio (naturalmente em maior número!) com uma vaia enorme, assobios e insultos. Muitos insultos como são, infelizmente, habituais nos estádios portugueses.

Mesmo assim não pararam de gritar pela Briosa, sem ligar aos insultos adversários.

De repente, toda a claque fez silêncio e de lá de trás daquelas centenas de académicos, notou-se o aparecimento de algo que lentamente sobrevoou de mão em mão toda a claque até ficar pendurada na frente da primeira linha da Mancha, bem virada para o relvado e à vista de todo o estádio.

Era uma enorme coroa de flores com o nome de Miklos Fehér.

O estádio da Luz ficou em silêncio por uma fracção de segundo.

Imediatamente de seguida, ouviu-se uma das mais sentidas e emocionadas salvas de palmas que aquele estádio terá presenciado em cinco anos de existência.

Depois, cada claque gritou pelos seus clubes e aconteceu futebol.

Por ser verdade, por ser a vitória da inteligência e da solidariedade sobre a violência a que se assiste normalmente, e porque há vida para lá do futebol, aqui fica a história.

SEMPRE GRATOS, SEMPRE SOLIDÁRIOS





OS MAIORES


Só os maiores é que tinham direito a figurar na capa.

E A SR.ª MINISTRA, ESTÁ CERTIFICADA?


O Ministério da Educação está a fornecer às escolas programas educativos, para serem instalados nos computadores de alunos e professores, de forma gratuita.

No entanto, os CDs que a Direcção-Geral da Inovação e do Desenvolvimento Curricular (DGIDC) está a enviar vêm com um selo que alerta para o facto de estes materiais serem «conteúdos não certificados» pelo Ministério.

Este episódio, vem mesmo a propósito, uma vez que o primeiro ministro, escolheu o tema da Educação, para discutir no debate quinzenal, na Assembleia da República.

SERÁ DESTA?


O tenista português Frederico Gil, vai defrontar, mais uma vez, o todo poderoso Rafael Nadal. Será que desta vez o nosso Gil vai levar a melhor? Segundo declarações do português, o seu adversário, terá que provar no campo que é o melhor. No entanto, veremos se o factor casa e o piso em terra batida, serão "armas" que podem jogar a favor do número 1 do mundo. Amanhã saber-se-á o resultado deste confronto.

SE A MODA PEGA,...


TREINADOR CASTIGA

Quem treina mal veste-se com vestido cor-de-rosa!

No futebol, há quem jogue mal, quem apite mal e também quem treine mal. Há de tudo um pouco. No Brasil, o treinador Roberto Fernandes da equipa Figueirense adoptou um castigo para o jogador que pior treinar. Nem mais! No dia seguinte ao treino menos conseguido o jogador que no dia anterior não “deu o litro” treina com um vestido curtinho cor-de-rosa colocado por cima do equipamento normal.
O primeiro a sofrer esta insólita punição foi o trinco Jairo. Envergonhado, ele deu o máximo mas teve que aguentar as piadinhas dos colegas, que não economizaram nos risos.

LEMBRAM-SE DESTE COWBOY?

A antiga "sede" krommática, foi palco de variadíssimas peripécias.

O OBSERVADOR DO OLVIGÁRIO


Ó p'ra mim aqui tão só! Tadinho! Vão lá chamar o "emplastro do filho" p'ra lhe fazer companhia.

SERÁ QUE VAMOS MUDAR DE TREINADOR?

Este Sr., de seu nome Daúto Faquirá, esteve presente no ECC para assistir ao AAC - FCP.
Sem querer ser má língua, o que é que motiva um individuo destes a vir a Coimbra? Será só o gosto que tem pelo futebol? Veio-se mostrar ao "Papa"? Veio-se mostrar ao JES? Será que o Domingos se vai embora?

O FILHO DE PINTO DA COSTA

Lembram-se dele? Pois é, o "emplastro" lá estava na Central a ver o jogo e a gritar pela Briosa.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

LIMPA NEVE DESGOVERNADO NA A 25

Este anúncio no quadro electrónico da A 25 provocou um tremendo engarrafamento, depois dos automobilistas se aperceberem que o "Dr. Luís", não está habilitado a conduzir viaturas de limpeza de neve. A confusão gerou-se de imediato, visto todos quererem fugir do alcance da desgovernada viatura.
Só mesmo um krommu destes é que conseguia provocar tal aparato.
Ai se a Fifi sabe!?

ANIVERSÁRIO DO KROMMÁTICO CARLOS SANTOS PARTE II

video

TIRARAM A BARRIGA DE MISÉRIAS

BRAVO CAMPEÕES!

Não foi fácil, é verdade, mas este tipo de conquistas só estão a alcance dos grandes campeões. A Académica conseguiu, ao vencer o Vitória de Setúbal, por 11-10, conquistar o título nacional e regressar à elite do Rugby Nacional.

Apesar de a formação de Coimbra ter demonstrado superioridade técnica sobre o adversário, teve de colocar em campo todo o empenho para erguer a tão desejada taça. O Setúbal discutiu o resultado até final, mas as unidades de referência da Académica não permitiram que o adversário conquistasse o tão ambicionado título.

O objectivo estava traçado desde o início da temporada e a formação liderada por Sérgio Franco não defraudou as expectativas.



domingo, 19 de abril de 2009

SIMPLESMENTE VERGONHOSO!

Lito revela por que Olegário não deu penalty

Lito, jogador da Académica, no final da derrota, por 3-0, dos estudantes frente ao F.C. Porto, este domingo, em Coimbra. O avançado cabo-verdiano foi protagonista de um lance em que a equipa da casa reclamou uma grande penalidade, por mão de Raul Meireles, e explicou o diálogo que teve com o árbitro Olegário Benquerença nessa jogada:


«O árbitro disse-me: "remata, estás isolado, porque eu dei a lei da vantagem." Eu rematei fraco, porque pensava estar em fora-de-jogo, mas é incrível porque numa grande penalidade não pode haver lei da vantagem

in MaisFutebol

HÁ DOMINGOS EM QUE A PACIÊNCIA TEM LIMITES

Domingos Paciência lamenta erro de Olegário Benquerença

O treinador da Académica lamentou hoje um erro do árbitro Olegário Benquerença e disse que a "história do jogo com o FC Porto poderia ter sido outra", na 25ª jornada da Liga de futebol.

Benquerença não assinalou uma grande penalidade clara de Raul Meireles, aos 43 minutos, com o resultado ainda a zero.

"A história do jogo poderia ter sido outra, já que podíamos ter ido para o intervalo em vantagem no marcador. Há um penalti e, depois disso, a segunda parte seria completamente diferente", disse Domingos Paciência.

O técnico dos "estudantes" lamentou, também, a exibição da sua equipa, considerando que a Académica "sabe fazer mais e melhor".

"A Académica tem consciência do que vale e jogamos mais do que fizemos hoje. Não fizemos um grande jogo e fomos infelizes nos golos sofridos".

Domingos Paciência explicou que os "estudantes" não estiveram bem na primeira parte, incapazes de chegar à área adversária, lembrando, contudo, que o FC Porto também pouco conseguiu criar nos primeiros 45 minutos.

"Na segunda parte, o jogo resumiu-se a três minutos, nos quais sofremos dois golos. Agora temos mais cinco jogos pela frente e queremos subir na classificação".

ACADÉMICA 0 FCP 3

Link: Academica 0-1 Porto



Link: Academica 0-2 Porto



Link: Academica 0-3 Porto

VIVA A MALTA!

Quem abandona a luta não poderá nunca saborear o gosto de uma vitória

ACREDITE! VAI VER QUE FAZ BEM!

Às vezes não basta uma promessa para escrever: primeiro, é preciso querer cumpri-la (o que acontece); depois, é preciso encontrar uma boa razão; finalmente, disponibilizar a alma.

E vem um dia, em que todas as circunstâncias parecem andar de mãos dadas. Hoje deve ser esse dia. Ainda bem, pois a minha promessa dizia-se na Páscoa.

Pensar nos Krommus é pensar na Briosa. Pensar na Briosa é pensar em Coimbra, na minha cidade tão próxima e tão longínqua. Coimbra é assim: fica perto e longe ao mesmo tempo. É uma cidade que se mantém presente, mas que se sabe ausentar. Só assim se pode ser daqui e não se viver cá. É cidade de se ser, mesmo sem se estar.

E a vida, sabemos, é como um jogo onde se pregam rasteiras, se fazem fintas, onde se ganha e onde se perde. Às vezes, as piores derrotas têm a vantagem de nos tornar mais lutadores, mais persistentes. O melhor é procurar virar o resultado a nosso favor, procurando aproveitar todos os ensinamentos.

E foi assim, no meio das fintas da vida, das suas rasteiras, das minhas vitórias e das minhas derrotas, que eu aprendi a ser gente: filha, mãe, professora, amiga… e Kromma. E, imaginem!, sou uma Kromma que ACREDITA.

Às vezes, acredito que a crise vai terminar, que a educação, a justiça e a saúde vão ser melhores, que o país, tal como o Sol, vai ser para todos…

Às vezes, em sonhos, até acredito que os maus vão ser castigados e que os bons vão ser premiados.

Às vezes, acredito que a nossa selecção vai ser campeã da Europa e do Mundo, e que a Briosa vai ganhar todos os títulos…

Mas todos os dias acredito. Acredito que os Krommus são boas pessoas, amigas, que unidas pela sua paixão à Briosa, agem em comunhão. Que são como uma grande família e por isso cultivam este espírito de fraternidade, de partilha e de sã camaradagem. Que os Krommus são, por princípio, pessoas solidárias, habituadas a sofrer e a ajudar-se mutuamente, pois sabem o que é ter amor à camisola e lutar pelas causas em que acreditam.

Por isso eu sou e me sinto tão kromma. Porque acredito que, apesar das circunstâncias mais adversas, podemos fazer a diferença.

Convido pois todos os krommus a fazer parte de outra família: a família da ACREDITAR.
É uma grande família de amigos unidos pela adversidade que é a circunstância do cancro infantil. Coimbra já tem uma Casa Acreditar, para acolher famílias de crianças que se encontram a fazer tratamentos nos serviços de oncologia. Apesar disso tudo são crianças e, como acontece com a grande maioria, querem brincar, sorrir e crescer. Vale a pena, por isso, ACREDITAR.

O financiamento das Casas da Acreditar é garantido pelo mecenato e, numa pequena parcela, por algum apoio da Segurança Social.O apoio às crianças é dado pelas suas famílias e também pelos voluntários.

Muitos são os gestos que podemos fazer para também fazermos parte desta nova família. Participe. Seja um Krommu de coração à altura! Contacte a ACREDITAR.

Acreditar - Núcleo Regional Centro
Av. Dr. Armando Gonçalves, Lote 20
Centro Comercial Sol - Loja 13
3000-059 Coimbra
Telefone: 239 482 027 Tm: 912 304 983 Fax: 239482027
E-mail:a.acreditar_coimbra@sapo.pt

Acreditar é preciso, e os Krommus sabem-no bem. Por isso, queridos Krommus, vamos dar as mãos e fazer a diferença. Entre os jogos da Briosa, porque não ACREDITAR?

Maria Manuel
Lisboa

O HOMEM DO APITO

O árbitro nomeado para o jogo AAC - FCP é o Olvigário Semcrença. Por esse facto, os adeptos da Briosa, recusam liminarmente que qualquer "ajuda" à equipa, passe por tomadas de atitude como a foto documenta.

RECORDAM-SE DESTE LANCE?

Ficou uma grande penalidade por assinalar.

FUTEBOL SIM! KARATÉ NÃO!

Atenção a este "Kid Caceteiro". Consta-se que a sua "arma" preferida para aniquilar os adversários, é o cotovelo. Por isso, será conveniente que os jogadores da Académica o provoquem, de modo a que ele fique "amarelado" e consequentemente mais comedido.

QUEIMA DAS FITAS 2009


A Queima das Fitas é um testemunho vivo das tradições académicas que, ainda que centenárias, continuam bem vivas.
No entanto, à que alertar esta juventude que, motivado pelo excesso de álcool que nestes dias é consumido, muitos destes jovens vão parar às urgências dos HUC com graves problemas. Chega-se a atingir taxas de álcool no sangue com valores verdadeiramente inacreditáveis.