sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

COMUNICADO OFICIAL

clique na imagem

BRIOSA CONTINUA NA TAÇA DA LIGA

CJ DÁ RAZÃO À ACADÉMICA E AFASTA PORTIMONENSE DA
TAÇA DA LIGA


O Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deu razão ao recurso apresentado pela Académica, que disputará a terceira fase da Taça da Liga, anunciou hoje a Liga de clubes.

Em comunicado, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) adianta que foi notificada hoje da decisão do CJ da FPF, que anula a homologação dos resultados e classificações finais da segunda fase da Taça da Liga.

Com esta decisão, a Académica substitui na terceira fase o Portimonense, que tinha estado no sorteio de forma condicionada à decisão do CJ.

Assim, a Académica fica integrada no Grupo A, juntamente com FC Porto, Leixões e Estoril-Praia, iniciando a terceira fase com os “canarinhos”, a 03 de Janeiro.

Académica, Portimonense e Beira-Mar empataram todos os jogos da segunda fase da Taça da Liga 0-0, sendo por isso necessário recorrer ao critério de desempate baseado na média de idades dos jogadores utilizados na respectiva fase por cada equipa.

Após o empate entre Portimonense e Académica, a LPFP atribuiu o apuramento à formação algarvia, indicando que a média de idades do conjunto de jogadores utilizado por esta equipa foi de 24,556, contra 24,682 da Académica e 25,474 do Beira-Mar.

A Académica considerava ter uma média de idades de 24,714, contra 24,857 do Portimonense e 25,643 do Beira-Mar.

VISITA DO PAI NATAL

ÁRBITRO PARA A 14ª JORNADA

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

SIMPLESMENTE LINDO



Vídeo no qual o Pato Donald é apresentado ao recém criado (pelo genial Disney) Zé Carioca e às atracções da Cidade Maravilhosa. Aí, o Rio de Janeiro ganhou o mundo.
Apesar da genialidade do vídeo, poucos de nós pudemos vê-lo devido à reclamação de direitos de autor da Disney.

ESTE VÍDEO FOI CRIADO NA DÉCADA DE 50 E SEM O USO DOS RECURSOS INFORMÁTICOS QUE HOJE TEMOS À DISPOSIÇÃO...

ABALO SÍSMICO

clique na imagem

Maior sismo em 40 anos

O Instituto de Meteorologia (IM) registou 16 réplicas do sismo verificado às 1h37 desta madrugada e considera que este foi o «maior registado desde 1969», disse hoje o presidente daquele organismo.

PORTUGAL SEMPRE EM GRANDE

ESCOLHAS


O palhaço

O palhaço compra empresas de alta tecnologia em Puerto Rico por milhões, vende-as em Marrocos por uma caixa de robalos e fica com o troco. E diz que não fez nada. O palhaço compra acções não cotadas e num ano consegue que rendam 147,5 por cento. E acha bem.
O palhaço escuta as conversas dos outros e diz que está a ser escutado. O palhaço é um Justificar completamentementiroso. O palhaço quer sempre maiorias. Absolutas. O palhaço é absoluto. O palhaço é quem nos faz abster. Ou votar em branco. Ou escrever no boletim de voto que não gostamos de palhaços. O palhaço coloca notícias nos jornais. O palhaço torna-nos descrentes. Um palhaço é igual a outro palhaço. E a outro. E são iguais entre si. O palhaço mete medo. Porque está em todo o lado. E ataca sempre que pode. E ataca sempre que o mandam. Sempre às escondidas. Seja a dar pontapés nas costas de agricultores de milho transgénico seja a desviar as atenções para os ruídos de fundo. Seja a instaurar processos. Seja a arquivar processos. Porque o palhaço é só ruído de fundo. Pagam-lhe para ser isso com fundos públicos. E ele vende-se por isso. Por qualquer preço. O palhaço é cobarde. É um cobarde impiedoso. É sempre desalmado quando espuma ofensas ou quando tapa a cara e ataca agricultores. Depois diz que não fez nada. Ou pede desculpa. O palhaço não tem vergonha. O palhaço está em comissões que tiram conclusões. Depois diz que não concluiu. E esconde-se atrás dos outros vociferando insultos. O palhaço porta-se como um labrego no Parlamento, como um boçal nos conselhos de administração e é grosseiro nas entrevistas. O palhaço está nas escolas a ensinar palhaçadas. E nos tribunais. Também. O palhaço não tem género. Por isso, para ele, o género não conta. Tem o género que o mandam ter. Ou que lhe convém. Por isso pode casar com qualquer género. E fingir que tem género. Ou que não o tem. O palhaço faz mal orçamentos. E depois rectifica-os. E diz que não dá dinheiro para desvarios. E depois dá. Porque o mandaram dar. E o palhaço cumpre. E o palhaço nacionaliza bancos e fica com o dinheiro dos depositantes. Mas deixa depositantes na rua. Sem dinheiro. A fazerem figura de palhaços pobres. O palhaço rouba. Dinheiro público. E quando se vê que roubou, quer que se diga que não roubou. Quer que se finja que não se viu nada.
Depois diz que quem viu o insulta. Porque viu o que não devia ver.
O palhaço é ruído de fundo que há-de acabar como todo o mal. Mas antes ainda vai viabilizar orçamentos e centros comerciais em cima de reservas da natureza, ocupar bancos e construir comboios que ninguém quer. Vai destruir estádios que construiu e que afinal ninguém queria. E vai fazer muito barulho com as suas pandeiretas digitais saracoteando-se em palhaçadas por comissões parlamentares, comarcas, ordens, jornais, gabinetes e presidências, conselhos e igrejas, escolas e asilos, roubando e violando porque acha que o pode fazer. Porque acha que é regimental e normal agredir violar e roubar.
E com isto o palhaço tem vindo a crescer e a ocupar espaço e a perder cada vez mais vergonha. O palhaço é inimputável. Porque não lhe tem acontecido nada desde que conseguiu uma passagem administrativa ou aprendeu o inglês dos técnicos e se tornou político. Este é o país do palhaço. Nós é que estamos a mais. E continuaremos a mais enquanto o deixarmos cá estar. A escolha é simples.
Ou nós, ou o palhaço.

Mário Crespo

SUSPENSE!



Simplesmente... fantástico!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

MENSAGEM DE NATAL DA BRIOSA



Os krommus agradecem e retribuem os votos de Boas Festas. Desejamos que o novo ano traga muita felicidade para toda a família Académica. No campo estritamente desportivo, vamos desejar mais vitórias e mais confiança no futuro. Viva a ACADÉMICA!

CAPITAL HUMANO


Um colaborador bem gerido pode valer mais 300 mil euros por ano

As empresas que adoptam boas práticas de gestão de recursos humanos conseguem que cada colaborador registe uma produtividade anual média superior em 300 mil euros face a companhias menos eficientes em termos de políticas de gestão de pessoas.

É esta a conclusão do estudo "O impacto das 'best practices' de gestão do capital humano no desempenho das empresas em Portugal", da autoria de Luís Monteiro, da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho (U Minho).

Desta análise, que avaliou 93 empresas de 23 sectores de actividade, resultou o "Human Capital Best Practices Index", um índice composto por 21 variáveis de gestão de recursos humanos, como recrutamento selectivo, formação, práticas salariais, entre outras. O estudo final mede o impacto destas variáveis qualitativas nos indicadores de desempenho das empresas, como margem de lucro e produtividade. É a primeira vez que é feita em Portugal uma análise quantitativa da gestão do capital humano

FLORES

Neste mundo cada vez mais conturbado, por que não oferecer flores?

Estas são todas para si!

Cliquem no link abaixo indicado e, depois da página abrir, vá clicando com o rato e construa o seu próprio jardim.

NOVO PPR

clique na imagem

PENSAMENTOS

"Nesta vida de competições, se te derem um pontapé no cu, não te preocupes... . É sinal que vais à frente!"

HISTÓRIAS CLÁSSICAS

THE TIME HAS COME

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

ACONTECEU A 14 DE DEZEMBRO

SERÁ QUE O CASO JÁ NÃO É CASO?

Será que este caso, é mais um para juntar a tantos outros que nós temos tido conhecimento ao longo destes últimos anos e que acabam sempre por dar "em águas de bacalhau"? A ver vamos!
Já agora, por falar em Correios, dê aqui uma espreitadela.

QUE RICO COLCHÃO!

video

Vamos lá rir um bocado, com estes fãs incondicionais de colchões de água. Se primeiro têm a sensação de que vão ter uma experiência óptima, depois ... bem, só vendo!

OS GOLOS DA VITÓRIA



Golo de Emídio Rafael, a lembrar os pontapés de R. Carlos



O segundo golo da Briosa, marcado por Lito. Um regresso à equipa, em grande.

domingo, 13 de dezembro de 2009

OS POLÍTICOS QUE SE CUIDEM


Muitas vezes, a postura de certos políticos é de tal forma distorcida da realidade que acaba por gerar situações deste género. Veja o vídeo aqui.

BRRRRRRR QUE FRIO!

Agasalhem-se e comam muita fruta! Mesmo! Mas mesmo, mesmo...fruta!

TRÊS SEGUIDAS EM CASA

Esta foi a terceira vitória seguida a jogar no nosso campo. Tratando-se de um jogo muitíssimo importante, a Académica soube corresponder perante um adversário directo. Depois de conhecidos os resultados dos mais directos opositores, esta jornada acabou por ser muito positiva para a Académica, visto ter dado um salto importantíssimo na tabela classificativa. Na imagem, podemos ver o Lito a marcar o segundo golo da Briosa.
Quanto ao jogo propriamente dito, aqui ficam as declarações de André Villas Boas no final do encontro.

"Foi um jogo bastante complicado. Começámos a ajudar o adversário, entrando no seu futebol directo e de segundas bolas, e a nossa intervenção ao intervalo foi no sentido de chamar a equipa para a circulação de bola como mostrámos na segunda parte. O golo deu tranquilidade, sim senhor, porque sentia-se a tensão da partida pelo que podia significar em temos de tabela. De certa forma deu para respirar um pouco melhor mas a expulsão, com a emoção dos jogadores, levou-nos para um jogo que não era nosso. Felizmente, na segunda parte, tivemos mais bola e isso permitiu chegar ao segundo golo. Penso que o resultado é justo. Trabalhámos em termos de objectividade esta semana e isso reflectiu-se no número de ocasiões, mas foi um encontro muito difícil porque o Leixões, com menos um jogador, criou-nos muitas dificuldades."

O próximo jogo é na Madeira com o Nacional e, atendendo ao mau momento de forma que a equipa parece estar a atravessar, é bom que a Académica parta para este desafio, com o pensamento exclusivamente na vitória.

O MÁGICO AYRTON SENNA

Os anos passam, mas o talento e a magia de Ayrton Senna continuam vivas nas memórias dos especialistas, pilotos e ex-pilotos da Fórmula 1. Nesta quinta feira, a revista inglesa Autosport elegeu o inesquecível tricampeão como o maior piloto de todos os tempos da categoria.

A votação contou com a participação do astro alemão Michael Schumacher. Mas os sete títulos conquistados na Fórmula 1 não foram suficientes para superar Senna na eleição.

Já o novo companheiro de Felipe Massa na Ferrari surpreendeu. O espanhol Fernando Alonso terminou na nona posição, superando pilotos como Emerson Fittipaldi e o inglês Graham Hill. Jenson Button, actual campeão mundial, aparece na trigésima posição.


Aqui ficam os dez primeiros classificados

1º. Ayrton Senna (BRA)
2º. Michael Schumacher (ALE)
3º. Juan Manuel Fangio (ARG)
4º. Alain Prost (FRA)
5º. Jim Clark (ESC)
6º. Jackie Stewart (ESC)
7º. Niki Lauda (AUT)
8º. Stirling Moss (ING)
9º. Fernando Alonso (ESP)
10º. Gilles Villeneuve (CAN)

ELE JÁ SABIA!


Como é possível verificar, antes da decisão ser conhecida, Pinto da Costa já afirmava com toda a segurança o que a capa do jornal "A Bola" do dia 24 de Março de 2008 dá a conhecer. Fantástico!

ONDA VERMELHA


Se agora é assim, imaginem se conseguirem ser campeões.

QUEM QUER SER CAMPEÃO?

AVISO IMPORTANTE


O plenário de trabalhadores dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) sustentou a decisão do último encontro, avançando mesmo para a greve de sete dias, entre 13 e 20 de Dezembro, depois das negociações falhadas com a administração da empresa.